sábado, 30 de maio de 2009

sem...


Desconheço os sons pois
vivo na cor pálida de um dia de Outono.

Desconheço o cheiro,
pois não te tenho por inteiro.

Desconheço-me,
pois já não me sou sem ti.

12 comentários:

Inês disse...

Um dia de Outono pode ter mais sons do que imaginas, basta ouvires com atenção.

Mas adorei as tuas palavras...

Sim, sou feliz :) Pelo menos acho que sou feliz!
Acho que cheguei a alguma conclusão, mas receio do futuro e de magoar alguém, principalmente terceiros.

Beijinhos* :)

Menino do mar disse...

Inês:
Ainda bem que consegui ajudar :)
Obrigado pelas tuas palavras, o que queria dizer é que neste dia os sons não existem... só vento e chuva e tristeza como no Outono...

Inês disse...

Já vi que por esse lado tens tempestade... Um pouco irónico em comparação ao bom tempo que agora se faz sentir.
Abre a janela e vê como o está bom tempo :)

beijinhos*

Menino do mar disse...

Inês:
Não é bem tempestade, é saudade mesmo...

sakura disse...

Estamos tristes e nostálgicos por aqui?
Beijo*

Menino do mar disse...

Flôr:
Estamos melancólicos, tempo demais para pensar dá nisto... nada de preocupante.

Daisy Maria disse...

espero que te voltes a conhecer (oh pai da minha sobrinha :p)

Menino do mar disse...

Daisy:
Eu sei onde me sou, e onde me conheço... é uma questão de tempo :)

(oh tia da minha Inês) :))))

Inês disse...

Essa Inês sou eu?!

Menino do mar disse...

Inês:
Lol... é a minha filha :)

izzie disse...

Isso é bom... sabes?
Dentro da "dependência"... significa partilha :)

Chocolate disse...

Tb me desconheço, de certa forma, estou à espera que alguém se junte a mim e me transforme...

Sei que esta fusão me vai mudar me vai transformar... desconheço esse novo ser em que me vou transformar ...
ou não...

Se queres que te diga, acho que nunca me vou transformar nesse ser...

ter essa hipotese seria ouro sobre azul ...

Vou esperando para me conhecer...