terça-feira, 23 de junho de 2009

Vénus em janela de madrugada.


Fosse eu um pintor de tela cheia e pintaria um quadro com o que me tenho deparado noite após noite.
Por volta das duas da manhã, de janela aberta para entrar a brisa, que tantas vezes se recusa a aparecer, surge no céu azul escuro da noite não tão escura de Verão, um planeta a que todos chamam estrela.
Seja da aurora, da manhã ou do pastor, Vénus é, nestas últimas noites a minha estrela, a minha companhia.
Num céu em que as luzes da cidade ofuscam as outras estrelas, as verdadeiras, acordar e ver aquele ponto brilhante num azul paz, deixa-me de sorriso nos lábios.

Por mais que a vida nos traga amargura, desilusão, tristeza, sentimento de impotência e incompreensão, a natureza, o universo, arranjam sempre forma de me fazer acreditar e sorrir.
Sim, é só uma estrela, que nem é estrela, mas abrir os olhos e ter algo assim num enquadramento perfeito na minha janela é, de facto admirável e só posso mesmo sorrir....

13 comentários:

Gingerbread Girl disse...

Muito bonito!

Tu tens veia poética rapaz! =D Sorry... Menino. :p

Pipoca disse...

:-)
Estou a fazer contdown para ir até à minha terrinha, onde tenho, sem as luzes da civilização, um manto de pontos gigantes de luz mesmo sob a minha cabeça. Darei um sorriso, tenho a certeza.
A foto é linda...obrigada por partilhares

sakura disse...

Também vi Vénus a noite passada... :)
Beijinho pra ti Menino do Mar*

Little Tomato disse...

É reconfortante ter uma estrelinha no céu para olhar e acreditar...acreditar que o amanhã vale a pena.

lagrima disse...

Quem sabe, não será a tua alma trancada que não deixa que a brisa a afague!
Não chega manter a janela aberta para que a brisa entre, tens que recebê-la, pegar-lhe na mão, senti-la e dar-lhe a perceber, mas... de alma sem trancas, sem medos!
Quem sabe se a brisa que tanto esperas não tem também medos?!
Beijo, Menino do Mar :))))))

Mona Lisa disse...

Então sorrí...e a vida também irá sorrir para ti! beijo

MARIINHA disse...

Olá Menino do Mar. Vim hoje até aqui, desculpa-me por não aparecer mais vezes, mas gostei da tua forma de escrever. Vais ter certamente mais uma visita assídua.Para ver Vénus,deve ser mais fácil ver em locais com pouca iluminação. No campo até parece que o céu tem muito mais estrelas, não é? Bjs

Menino do mar disse...

Ginger:
Eu acho que é um sistema circulatório completo ;)

Pipoca:
è bem verdade, no campo vêm-se muito mais estrelas :)

Flôr mai linda:
Eu, de há um tempo para cá vejo todos os dias e noites e tuditudo lol ;)

little tomato:
Sister, o amanhã vale sempre a pena, que mais não seja pelo Festival Med :)))

Lagrima:
Bonito o teu texto, mas eu tava mesmo a falar da brisa vento... é que está tanto calor aqui.... :)

Mona lisa:
Eu quero um sorriso sincero da vida... só isso...

Mariinha:
Obrigado, volta sempre :)

izzie disse...

Como comecei a aprender há uns meses atrás... (e a vida quase quer fazer esquecer...) SINAIS!
E tu sabes o que alguém que conhecemos nos diz sobre a tristeza, certo?
Proporcional a?...

Beijinho,

lagrima disse...

Pareceu-me ler alguma ironia no teu comentário, menino, posso perguntar porquê?

Menino do mar disse...

Tisha:
Pois... espero que sim... do fundo do coração espero que sim.
Beijo

Lagrima:
Ironia? Não, estava a dizer que gostei do que escreveste, mesmo, só que nesta situação estava mesmo a falar do ventinho

Di disse...

É bem verdade, o universo é de tal maneira perfeita que quando nos sentimos em baixo, basta olharmos p o céu e ver a beleza das estrelas, a imensidão da lua q logo nos sentimos melhor, mais reconfortados.. Parabéns podes n ser pintor de tela,mas pintas mt bem o universo da escrita!!!:-)

Menino do mar disse...

Di:
Obrigado :)