domingo, 21 de junho de 2009

Lua


Lua, posso ter saudades tuas?
Nesta noite escura,
nesta praia deserta,
nesta vida,
terra estéril,
em que já nada desperta?

Lua posso esperar,
num bater de asas,
por entre ruas e casas,
que venhas
crescente, nova, minguante,
furtiva, amante,
e que desças em mim?

Lua,
a noite tem sombras,
e as árvores do vale já não dão frutos como dantes.
Lua,
perderam-se os amantes
e as sementes que deito,
ao vento, à chuva
são o meu lamento, de não te ter, Lua....

16 comentários:

100 remos disse...

E a lua responde: não sei. Podes?

S* disse...

Lua de admirável beleza. merece um poema assim. :)

Mona Lisa disse...

Como sempre estás inspirado:)
Gostei muito! beijo

Paraguaya disse...

Lua, a mais inspiradora de poemas de todos os blogueiros, merece aplausos.

Meninão... Otima semana pra você.

Abraços da amiga que te admira muito.

lagrima disse...

"lua, posso ter saudades tuas?!..."
que ternura menino, se eu fosse lua não resistiria a um carinho desses.
De repente dei-me conta, logo que te li, do silencio lá de fora...
Fui ver... o chao do terraço estava quente ainda, mas a brisa era bem fresca. Esta noite, nem os grilos cantavam, só ao longe se viam as luzes da vila.
A noite estava tão triste como tu, nem as estrelas a alegravam.

"as sementes que deito ao vento, à chuva são o meu lamento de não te ter, Lua"...
Está divino, este teu poema, divino!

Beijo, Menino do Mar!

Pipoca disse...

A lua, essa solitária. Mas acorrentada ao céu mostra-nos muitas vezes o caminho. É companheira, confidente, e o único foco de luz quando o céu se esconde no negro.
Um beijo

Storyteller disse...

A Lua está ao alcance da tua mão. Vai atrás dela!
:)

Lídia Borges disse...

Lindo o seu poema!
Mais uma vez a lua a exercer o seu encanto sobre os poetas.

Um beijo

Menino do mar disse...

100Remos:
A Lua não me pode responder...

S*:
A Lua é algo fantástico...

Mona Lisa:
Foi a Lua, e a música clássica... três dis de sinfonias pegadas tinha que sair algo de bom
(sim, até eu gosto)
beijo

Paraguaya:
Obrigado amiga, e um beijo grande.

Lagrima:
a tristeza... ai a tristeza....

Pipoca:
Acorrentada ao céu... ao céu que olho todas as noites... acertaste... em cheio...

Story:
Estará mesmo amiga?

Lidia:
A Lua tem um poder espectacular sobre mim, sem dúvida...

Gingerbread Girl disse...

Hey!

Eu fiz um coment! :s

Why is he not here? Why not Menino do Mar? Why not?? ='(

Gingerbread Girl disse...

E também tinha comentado aqui... :x

Menino do mar disse...

Ginger:

Não tava nada para aceitar, na moderação... juro....

beijo

Gingerbread Girl disse...

Eish!!

Isto deve ser síndrome pré férias... afinal o do Solstício estava lá... :p

Eu comentei mas deve ter havido uma falha qualquer no envio... isto a net às vezes é o demo -.-'

Está lindo o texto... sendo a Lua das coisas mais fascinantes que existem... ;)
Eu escrevi mais qualquer coisa, mas agora perdeu-se-me e espontaneidade. :\


kiss*

carla mar disse...

... a LUA :)

beijo meu

Menino do mar disse...

Ginger:
Os teus comentários são sempre, mas sempre bem-vindos :))))

Carla:
Bem vinda... a LUA, é mesmo :)))))

Luna disse...

A Lua tem um poder especial sobre quase tudo. Sobre mim, especialmente a Lua Cheia.

Gostei do teu espaço.
bj