domingo, 23 de agosto de 2009

Natal


No meu post anterior, em que descrevo algumas das coisas que gosto e vos incuto a fazerem o mesmo, apercebi-me que algumas pessoas não gostam do Natal. Não é novidade. Normalmente quando a quadra se aproxima é frequente ouvir desejos para que passe o mais depressa possível, desabafos que nada lhes diz, indiferença por tudo o que nos envolve nessa época.
E então, em jeito de preparação para daqui a uns meses, eu pergunto,
mas porque não gostam do Natal?
E vamos esquecer a parte consumista da questão. São as recordações, os ausentes, o engordar com os doces?

Quero ouvir-vos (ler-vos)!

50 comentários:

Rvth disse...

Eu não gosto do natal porque a minha mãe não gosta, fica stressada e discute com toda a gente, nunca dá para aproveitar as reuniões familiares...!

Gingerbread Girl disse...

I LOVEEEEE Christmas!! =')

Love it! Just love! =')

Tirando a parte consumista... adoro tudo o que o Natal envolve.

Se bem que eu é mais o Yule... mas pronto.


kiss*

Kitty disse...

Eu gosto de celebrar datas importantes, o Natal é uma delas, tenho é pena de já não partilhar esta data com pessoas que foram tão importantes na minha vida...

GiGi disse...

Hipocrisia serve? LOL

Gente que "quebra o pau" o ano inteiro se abraça e se presenteia só porque é "um dia especial". Oras... Todos os dias são especiais para se abraçar e até dar um presentinho de vez em quando. Precisa de data especial para isso?

Uma época de muito estresse em todos os aspectos. Muita correria desperta a estupidez nas pessoas. Mas, sem problemas, no dia de Natal todos irão se abraçar e tudo será esquecido.

Enfim! LOL

Lia disse...

eu gosto do Natal, gosto da uniao e da familia unida, só que este ano (pela 1ª vez) n vou passar c os meus pais e c o meu mano e isso ja me começa a apertar o coração...

sakura disse...

Eu adoro o Natal :) por tudo aquilo que me transmite a época. Devia ser uma quadra de união, de respeito, de partilha e de confranternização. É assim que tento que seja sempre o meu Natal, com a família reunida e apenas pequenos miminhos como prenda.
E como adoro enfeitar a árvore ao som de músicas de Natal :)))

Este anos enfeitamos o pinheiro juntos? ;)

Adoro-te

Beijo
da tua Flor

sakura disse...

Oh pah, olha ali confraternização mal escrito...grrr! E eu detesto erros :S
E "este anos"?! Ai que estou mesmo mal da cuca...
Emenda lá isso meu amor...
Não dá? Pronto, está bem :)

Beijão!
Flor

Lua disse...

Eu posso responder daqui a 3 meses??
É que com estes dias de sol,mt praia..não consigo raciocínar mt bem....;)

Hyndra disse...

Pois era exactamente a parte consumista que eu ia dizer.

Além da chatice que era andar às compras (digo era porque este ano na família decidiu-se comprar só prendas para as crianças. E para os adultos vamos fazer uns papelinhos com o nome de todos. E cada um tira um papelinho. Depois só vamos ter que comprar qualquer coisa para a pessoa que nos calhou no papelinho).

Então resolvida esta questão nao estou a ver motivos para nao gostar do natal! Há comida, há lareira acesa, há mais uma "desculpa" para se fazer uma jantarada, há doces e... bom isto era para dizer porque é que nao gostamos e nao o contrário! lolol

Bruxinha disse...

Eu só não gosto do Natal, porque sinto falta de pessoas que já partiram que partilhavam a ceia comigo :) apenas por isso, nessa altura sinto ainda mais:)

Jinhos

Miles to go... disse...

http://milestgo.blogspot.com/2008/10/ele-est-chegar.html

http://milestgo.blogspot.com/2008/12/estou-em-pulgas.html

Suponho que estes dois posts respondam à tua questão! :)

**

Pipoca disse...

Jogo na equipa dos que não gostam do Natal...
Porque as pessoas revelam a sua faceta mais cínica
Porque faço anos...
Porque já perdi demasiadas pessoas que gostava que estivessem sentadas à mesa na noite de Natal
Porque irrita-me as luzinhas por todo o lado
As filas...
E porque me calha sempre a mim a fazer os doces...

Cookie disse...

Eu só não gosto daquilo em que o Natal se transformou nos últimos anos, uma corrida desenfreada para comprar presentes para meio mundo... Não tenho tempo, nem pachorra, nem acho que isso faça qualquer sentido.
Também já perdi pessoas muito importantes, mas quanto a isso, acho que a melhor homenagem que lhes podemos prestar é manter as tradições, e de um modo geral sermos felizes.

Storyteller disse...

Adoro o Natal. O esírito, os sons, as luzes, o frio, as montras, os presentes, o amor. Tudo!

Terra de Encanto disse...

Vou antes dizer-te por que razão AMO o Natal:
-adoro as luzes nas ruas
-adoro, em qualquer momento do ano, juntar gente à volta da mesa
- adoro dar prendas, independentemente do que recebo; isso nunca está em questão-dou porque gosto de vero sorriso de quem abre!
- adoro cozinhar, principalmente doces e, narcisisticamente, gosto que me digam que nunca comeram umas rabanadas tão boas!
- amo o sorriso da minha filha na antecipação da ceia, das prendas, do convívio e das passeatas a casa de familiares
- gosto tantoooo de jingle bells!!!e músicas afins, claro
- gosto da lareira
- gosto do convívioem frente a ela
- gosto dos sorrisos das pessoas
- gosto do movimento

Beijos amigos

Poetic GIRL - BELA disse...

Eu não gosto do natal porque o meu pai faleceu uns dias antes dessa data... desde aí não consigo olhar o natal com a mesma magia que olhava antes... é sempre uma data triste lá em casa... beijocas

Graça Pereira disse...

Paradoxalmente, o Natal me encanta por tudo o que ele envolve, em termos cristãos e não só. Por outro, o Natal, me angustia porque há demasiados lugares vazios na mesa da consoada.
Achei este blog diferente, participativo. Mas também um menino do mar, sabe destas coisas, não é? Beijos Graça

Ana disse...

Olá,

Não conhecia estas músicas de Suzanne Vega. Sempre gostei dela e foi bom ouvir a voz dela noutro registo, de tal maneira que ao princípio não percebi quem cantava. Boa música.

em relação ao Natal, não é o Natal o problema. O problema é muito maior do que isso. O problema é todo um conjunto de imagens que nos incutiram, que moldaram as nossas expectativas, a esmagadora maioria falsas, e criaram sofrimentos completamente atrozes como se de peões nos tratássemos. A ser verdade o que diz a Bíblia ou mesmo que não seja de todo verdade, o Natal recorda-me apenas de todo o mal que há no mundo que tão facilmente se resolveria se o amor do Natal, a ser verdadeiro, fosse repensado, sentido, vivido e expresso todos os dias. Se a vida por vezes tem tão pouco sentido, no Natal parece que fica ainda mais absurda. Mas posso ter uma ideia estúpida, como as de fé e amor normalmente parecem ser, de que 'o Plano Divino está a cumprir-se, mesmo que não pareça'. É difícil ver Luz no meio de tanto mal, não é? Daí as luzes artificiais.

Beijinhos

Menino do mar disse...

Rvth:
Complicado... tenta compreender o porquê dela ficar assim.

Beijo

Menino do mar disse...

Ginger:
O Yule... hummm surpreendeste-me... também sigo a velha religião, de certa forma... um assunto para aprofundarmos msnicamente!

Beijo

Menino do mar disse...

Kitty:
As pessoas realmente importantes, estão sempre presentes.

Vê lá se voltas RÁPIDO!!!!

Beijo

Menino do mar disse...

Gigi:
Concordo contigo, há muita falsidade no Natal, mas... acho que não seja ua questão de ter uma data para nos darmos ao próximo, acho que quem é de bem, celebra nesse dia, nessa época o bem que fez todo o ano. Pelo menos comigo é assim.

Beijo

Menino do mar disse...

Lia:
Já passei natais sózinho e até só eu e a minha filha. Há sempre uma magia especial, mas prepara-te, vai custar...

Beijo

Menino do mar disse...

Sakura:

Enfeitamos os três... :)

Mas quem cozinha sou eu, ok???

Beijo

PS: Lavas a loiça!

Menino do mar disse...

Lua:
Hummmm pode ser! Mas nem penses que te escapas! :)

Menino do mar disse...

Hyndra:
Ora bem, posso dizer que estamos em sintonia! :)

Beijo

Menino do mar disse...

Bruxinha:
Quando amamos nunca ninguém parte realmente... celebra-os também a eles no Natal :)

Beijo

Menino do mar disse...

Miles to go:

On my way!! :)))

Beijo

Menino do mar disse...

Pipoca:
E posso saber qual é a especialidade da mademoiselle?

:)

Beijo

Menino do mar disse...

Cookie:
Muito bem é mesmo isso! Honremos os que já partiram mantendo as tradições :)

Beijo

Menino do mar disse...

StoryTeller:
Bem aparecida!! :)
Já compraste a minha prenda? lol

Beijo

Menino do mar disse...

Terra de Encanto:
Acreditas que quase me transportaste até Dezembro?
Linda a tua descrição!

Beijo e... obrigado! :)

Menino do mar disse...

Poetic Girl:
Todos os natais me lembro do meu avó e de como me custou o primeiro Natal sem ele, ele que era o espírito de qualquer Natal. No entanto, olho para a minha filha e penso que ela merece saber o que é a felicidade numa noite de Natal, e por ela, e pelo meu avó, dou sempre o meu melhor!

Beijo

Menino do mar disse...

Graça Pereira:
Bem vinda!
O menino do mar sabe principalmente que tem muita coisa a saber ainda.
Quanto ao Natal, acho que tens razão, há sempre um misto de alegria e tristeza.
Beijo e obrigado pela visita.
Volta sempre.

Menino do mar disse...

Ana:
É uma das minhas artistas preferidas.
Quanto ao teu comentário, não acho que o que nos incutiram seja errado. Acho que devemos acreditar no Pai Natal, e no espírito da quadra. Devemos desejar que ele seja todos os dias e festejar o nascimento de Cristo. Quer se acredite que era filho de Deus ou apenas um ser de luz, com o dom da palavra e do amor.

No entanto, a tua última frase fez-me pensar e acho que acertaste em cheio... muito provavelmente o exagero de luzes no Natal é uma tentativa esfarrapada de encontrar a LUZ que perdemos.

Beijo, volta sempre!!

Ana disse...

Peço desculpa por não ter sido clara o suficiente: não me referi a Cristo mas sim ao modelo de família instituída, ao modelo de vida, e ao modelo de 'noite de Natal'.

Menino do mar disse...

Ana:
E eu peço desculpa por não ter focado o teu comentário por inteiro.
Concordo que o Natal não deva ser formatado ao que a sociedade acha por certo.
E sim, tens razão, era tão fácil acabar com tanto mal no mundo, aplicando a todos os dias aquilo que se apregoa no Natal...

Beijo

Sweet Chic disse...

tem um cinismo implícito que me enerva a medula... todos são tão bonzinhos no Natal... mas não odeio o Natal... voltarei daqui a uns meses para explorarmos a questão.. mas vou voltando :)


Um beijinho muito chic

orkide@ disse...

Simplesmente não gosto do Natal...
Faz-me sempre lembrar daquilo que não tenho e das pessoas que perdi (a minha avó, principalmente, que era o ponto de união da família)...
Além disso, acho que as pessoas, de uma maneira geral, ligam muito mais à parte consumista e materialista (prendas, comida...) do que ao sentimento e ao espírito natalício.
A mim apetece-me sempre adormecer uns dias antes e acordar já no Ano Novo. São datas de que realmente não gosto.

Bj

orkide@ disse...

Quem diria, eu ser uma fonte de inspiração!!!
Ui...

Menino do mar disse...

Sweet Chic:
Welcome primeiro que tudo. Sim, há muito cinismo, mas também há muita gente boa que é assim todo o ano e a quem só é dado valor e tempo de antena no natal.

Volta :))))

Beijo

Menino do mar disse...

Orkide@:
Sim, foste a inspiração, sem dúvida, mas não sentes que ao recordar as pessoas que já foram é uma forma de as amar, agora que já não estão fisicamente presentes?

Beijo :)

Eternamente Inalcansável disse...

Pois eu, decidi dizer que o meu desejo é um dia passar o Natal em Nova Iorque :) Responde????
LOL beijokas

Vani disse...

Eu não gosto do Natal desde o dia em que descobri que o Pai Natal não existe...

Bem, mentira. Claro q gosto do Natal. Mas é pela reunião de familia em si, que acompanho há 30 anos. É uma altura em que quase que acredito que existe magia no ar...mas depois, lembro-me que o pai natal não existe. E fico sempre tão triste, no dia 26...

orkide@ disse...

Claro que sim Menino do Mar...
Recordar qem já partiu é sem dúvida uma forma de as amar.
E recordo-me delas com muitas saudades, não só no Natal como durante todo o ano.
Mas a época natalícia apela mais à lamechiche. Deve ser por isso...

Bj

Kikas disse...

há imenso tempo que não tenho um natal como deve ser, se calhar há uns quatro anos.. e tendo em conta a minha tenra idade, é muito. por doenças, mortes, e afins. uma m*rd*!

Storyteller disse...

Eternamente Inalcansável,
vou contigo, ok?

Menino do Mar,
vou já começar a pensar no teu presente... Que tal Edgar Alan Poe?
Já tens?!?!?!? Bolas!
;)

Just me disse...

O Natal é para mim uma altura mágica, sem a minha mãe é mais cinzento mas é sempre aquela época do ano!

Passo pelo menos um dia inteiro na cozinha de volta dos doces, mas faço-o com um enorme prazer! O Natal é lindo, mas quando o passo sem o meu filho é só mais uma noite triste! Enfim.... É a vida!

Já falta pouco, certo?

Beijo!

Only Words disse...

O Natal traz-me um sabor a nostalgia, a vazio, a ausência... Irrita-me a hipocrisia e o consumismo. Gosto mais da Páscoa ;)

DoceSussurro disse...

Olá :)
De vez em quando passo aqui... E, impossível não responder a esta pergunta.
Eu ADORO o Natal :)
Apesar de ser a época do ano em que mais trabalho, em que ando mais cansada... Só lamento que a noite de Natal passe a correr. Mas é mesmo assim, quando estamos bem, o tempo voa!
Gosto do bacalhau, das couves, do molho fervido, dos doces, dos licores que se seguem... Da famíla (mesa comprida de 30 e tal pessoas)
Das conversas cúmplices... Das gargalhadas... Dos momentos em que olho nos olhos da minha avó e sentimos tristeza pela saudade de quem já partiu. Gosto de dar prendas e de as receber. Gosto de ir pra casa Feliz, deitar me tarde, e no dia seguinte, acordar e ir ao take2 (almoço de Natal) :)
E tá quase... Falta pocaxinho ;)

Beijinho*