segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

E depois do Adeus



Quis saber quem sou
O que faço aqui
Quem me abandonou
De quem me esqueci
Perguntei por mim
Quis saber de nós
Mas o mar
Não me traz
Tua voz.
Em silêncio, amor
Em tristeza e fim
Eu te sinto, em flor
Eu te sofro, em mim
Eu te lembro, assim
Partir é morrer
Como amar
É ganhar
E perder.
Tu viste em flor
Eu te desfolhei
Tu te deste em amor
Eu nada te dei
Em teu corpo, amor
Eu adormeci
Morri nele
E ao morrer
Renasci.
E depois do amor
E depois de nós
O dizer adeus
O ficarmos sós
Teu lugar a mais
Tua ausência em mim
Tua paz
Que perdi
Minha dor
Que aprendi.
De novo vieste em flor
Te desfolhei...
E depois do amor
E depois de nós
O adeus
O ficarmos sós.

9 comentários:

Maçã e Canela disse...

Eu já nem sei quem sou.

100 remos disse...

Arrepiei-me ao ouvir a Diana. ;)

anaferro disse...

Foi lindo o momento, muito raro nesta edição dos Ídolos. Adorei!

E a música... pfffff...

Lia disse...

gosto tanto, tanto desta musica!

sakura disse...

Foi tão bom ouvi-la cantar...
Encantou-me...
Arrepiou-me.

E este poema...parece algo muito nosso, meu amor.

Beijo daqui até à Lua.
Flor

Vani disse...

Não consigo olhar pra essa gaija sem me desmanchar a rir LOLOLOLOLOLOLOLOLOL, depois conto-te porquê...fofocaaaaaaaa!

DoceSussurro disse...

Adorei :)

agirlcallednanda disse...

adoro esta miúda, canta mm bem e espero q seja a vencedora!

sam. disse...

momento no mínimo arrebatador