sexta-feira, 4 de março de 2011

A minha casa


A minha casa é bela porque tem janelas para o mar
e para as ruas de pessoas apressadas,
e deixa entrar o sol como um amigo que não vemos há anos.

A minha casa é bela e tem alma,
é um castelo numa ilha isolada,
imponente sobre a tempestade.
A minha casa é bela e faz-me imortal,
dá-me as asas do tempo para eu aprender a navegar.

4 comentários:

OutrosEncantos disse...

a tua casa é bela, sim, Menino do Mar!:)

feliz Carnaval
beijo p'ra ti.

Jaqueline Zanetti disse...

Que lindo poema...quem dera minha casa fosse assim...

Parabéns pelo blog...sou apaixonada pelo mar...

beijos e flores.

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Parabéns! Um dos mais belos poema sobre a casa, aquela que se vê assim, com imaginação, beleza e poesia.

Muito bom.

Abraço

Anna disse...

Então a tua casa é um tapete voador que te faz navegar sobre a imensidão do mar! :)